Customizar o Buggy – parte  I

Customizar o Buggy – parte I

Vamos escrever este post juntos

Esta, como todas as páginas do Planeta Buggy, estão sempre em constante evolução. Nesta, especificamente, o conteúdo ainda é muito pequeno e vai contar com o apoio de sempre dos planetários. Mandem fotos e sugestões para customizar o buggy. E fotos das coisas que já estão comentadas aqui também e que tenham ficado muito boas nos buggies de vocês.

Vamos dividir o assunto em duas partes. A primeira, esta aqui, fala sobre customizações simples de serem feitas pelo próprio dono, mesmo sem nenhum conhecimento de mecânica. A segunda parte vai tratar de coisas mais complexas. Aguardem! E mandem contribuições! 

Customizar o Buggy

Tema de muitas conversas nos foruns do Planeta, a customização é algo intrínsico aos buggies, não importa o estilo.

Customizar o buggy, é o ato de personalizá-lo em algum nível. Não se trata de tunning ou algo do gênero (até pode, mas esta não é nossa ideia para a discussão presente).

Customizar o buggy, para o Planeta, é dar um toque pessoal  na aparência do buggy. E, muitas vezes, pequenos (e baratos) detalhes podem fazer a diferença no visual dos nossos buggies.

O Sidney comentou sobre itens obrigatórios para a circulação e o Planeta achou interessante divulgar uma página que tem aqui no site e mostra o que, legalmente, é obrigatório em qualquer veículo e, obviamente, nos buggies. Visita a página e dá uma olhada para ver se teu buggy está dentro da lei!

Customizar o Buggy com parafusos de aço inox

Vamos começar com algo realmente simples, de baixo custo, que pode ser feito na garagem e que apresenta um excelente custo/benefício: parafusos de aço inox. Podemos utilizar este tipo de parafuso para praticamente todos os pontos onde se encontram parafusos comuns. Os que fixam as latas do motor, por exemplo, podem ser trocados por parafusos de aço inox com cabeça allen, que dão um visual muito bom, além de não enferrujarem.

A estrutura do parabrisa dos buggies mais antigos, é fixada por parafusos que ficam aparentes. A troca destes por aço inox pode não fazer muita diferença mas, facilmente, podemos fazer o polimento das cabeças dos mesmos, que vai ficar bom demais. Claro que mesmo os parafusos escondidos, como os que fixam os parachoques, o chassi ou a plataforma dos antigos buggies, podem ser trocados por aço inox, para evitar a ferrugem e, de quebra, facilitar a manutenção, pois eles não emperram com o tempo.

Alguns volantes utilizados nos buggies, possuem parafusos de ferro, à vista, que podem ser trocados por aço inox também. O Velho teve os dele trocados esta semana. Nas fotos a seguir, alguns exemplos do uso de parafusos inox nos buggies. O volante mostrado é do Rocinante (um Belair 1954), mas a ideia é essa.

Fixação dos cintos de segurança podem ser feita com parafusos de aço inox. Nestes locais, no entanto, é preciso ter muito cuidado, não fazer a ancoragem diretamente na fibra. Sempre com um reforço adequado e ancorado em algum ponto do chassi.

Parafusos de placa

Outra coisa muito simples de ser feita é a troca dos parafusos de placa, facilmente encontráveis em lojas ou eventos de motos. Existem alguns que tem lâmpadas led embutidas, para substituir a luz de placa, o que também representa uma implementação bem interessante. E servem para outras coisas, também. Aquele com a cabeça de águia, está tapando furos na carroceria do Velho.  O último mostra uma caveira. Existem alguns desses, com luzes nos olhos que ligam com a sinaleira ou com o freio. Mas aí é demais…

Manopla do câmbio (bolota)

Existem de vários tipos e formatos e o Planeta aposta que tens uma muito legal no teu buggy.  Mas se és um buggyfanático há pouco tempo, saiba que esta é uma das possibilidades de dar um toque pessoal no amigo buggy. Tem de vários formatos e tamanhos. Mas quando são muito pesadas podem fazer as marchas escaparem e até causar algum tipo de dano no câmbio e seus sistemas.

Esta que está no Velho’73 tinha uma dificuldade em ficar exatamente nesta posição, pois se apertasse o suficiente para não sair, ficava torta. Duas soluções podem ser possíveis em uma situação como esta. Uma delas, mais utilizada, é a colocação de uma porca na parte inferior, para funcionar como uma contra-porca, mas fica feio e esquisito. A outra é fazer um pequeno furo na base da manopla, rosquear e colocar um parafuso allen sem cabeça. Como mostrado na foto abaixo.

Manda a foto da tua manopla de câmbio ou do freio de mão para colocar nesta matéria. O Planeta é um site interativo!

Espelhos externos

Já publicamos, aqui no Planeta, um post sobre itens obrigatórios onde que foram mostrados vários tipos de espelhos que podem ser colocados em um buggy. Alguns fabricantes colocam o espelho mais barato ou maior em seus buggies, alguns tão grandes que atrapalham a visão frontal. Um espelho pode fazer a diferença no visual do buggy. Alguns exemplos a seguir, com fotos que já estão no Planeta, em outros posts.

Pintura ou cromagem dos cubos ou pinças de freios

Cubos de rodas ou pinças de freio aparecem através das rodas. Uma pintura contrastante ou uma cromagem, podem fazer um visual bem interessante. A pintura é bem simples e pode ser feita em casa, com um pouco de paciência, algum trabalho de lixa e uma lata de tinta spray. A cromagem vai exigir trabalho profissional e um custo maior, mas o resultado é muito bom.também. A roda da foto está precisando de um polimento…

Terceira luz de freio

Uma implementação simples e muito interessante, que aumenta a segurança com a presença de uma terceira luz de freio no buggy.

Nas fotos a seguir, o Buggy Naja One do Chevas com este pequeno detalhe, montado por ele mesmo, com um refletor de moto e um pedaço de tira de led por trás. Mas existem várias sinaleiras que, dependendo do espaço existente, pode ser utilizada para esta finalidade.

Aqui no Planeta, tem uma página só sobre sinaleiras (lanternas) adaptadas em vários buggies. É uma opção de customização que não implica em grandes custos, mas que pode dar um toque muito pessoal ao carro. Pequenas alterações na fibra são relativamente fáceis de serem feitas e não custam muito.

A página das Sinaleiras no Buggy está aqui. E, na galeria abaixo, uma série de sinaleiras diferenciadas para colocar no buggy.

Volante esportivo

A grande variedade de volantes que existe no mercado garantem que vais encontrar um que se adeque ao teu espírito e ao teu buggy. Tome cuidado em não escolher um muito pequeno, para não complicar nas manobras de estacionamento. A direção do Fusca parece ser leve porque ele tem um volante enorme…

Um lembrete: para não estragar teu volante com mãos sujas, mantenha um par de luvas na caixa de ferramentas para quando precisar trocar um pneu ou fuçar no motor. Mãos limpas, volante limpo! Não sabe o que levar na caixa de ferramentas? Dá uma olhada nesta página, aqui no Planeta.

Pedaleira esportiva

O Planeta já mostrou como se faz a restauração de uma pedaleira. É serviço delicado, mas que é possível de fazer em casa, com um pouco de capricho e (muita) paciência. Dá uma olhada na página, aqui no site.

O André (Chevas) sugeriu a colocação de pedais esportivos (na verdade, apenas capas para os pedais) para a customização do buggy. Uma coisa relativamente simples de ser feita e que dá um bom visual, além de proporcionar uma melhor pegada nos pedais. O buggy do Chevas tem um pedal do acelerador suspenso. Há a possibilidade do pedal “roler” e também dos articulados em aço inox.

Colaboraram na elaboração desta página: André Lehn (Chevas)

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Chevas

Vários parafusos e reforços no meu buggy são de inox: das placas, da fixação da ancoragem dos cinto de segurança (com pedaços de prancheta de inox como reforço) , arruelas e contra porcas dos espelhos retrovisores, parafusos que prendem os bancos (com pranchetas também de inox como reforço) e vários outros que ficam na parte de baixo.
[]’s

Chevas

Outra customização que se faz é a da pedaleira: esportiva, roller, etc. Eis a minha :
comment image
[] ‘s

Chevas

Não sei exatamente, mas com certeza é de VW injetado. Pode ser do Fox, do Polo ou da Kombi a água. Acho que deve ser comum para todos estes modelos mais o Gol.

Sidney

Gostei muito da brincadeira do pause / stop / play

Marlon

Cara, legal demais a matéria!!!, No meu emis, tbm uso o acelerador tipo ” roller”, mas as dicas dos parafusos foi ótima! Abcao

Sidney

Pretendo colocar retrovisores elétricos e preferencialmente com indicadores de direção pois aqui o buggy só é usado no asfalto (BRs e DFs). Toda vez que tiro a capa ela esbarra no retrovisor e sentado, não consigo alcançá-lo pra fazer o ajuste correto. Outro item de segurança que pretendo colocar é um sensor de ré, porque sou muito acostumado com isso e me faz muita falta, além de saber que não vou matar meu cachorro nas manobras. O problema é que o carro nem tem luz de ré, não sei se vai dar pra instalar.

Chevas

Luz de ré é obrigatória. Tente instalar uma “paquerinha” como eu fiz no meu.

Chevas

E não custa muito…vale a pena colocar.

Sidney

Como bem falou o Beco, passei na inspeção do Detran/DF sem ter qualquer luz de ré. Acho que nem luz na placa traseira tem. Ano 1984.
Beco obrigado pela informação que caixas antigas possuem local pra chave de ré. Não sei o ano da caixa mas deve ser bem antiga.
Pretendo colocar a luz de ré, sensor de estacionamento e retrovisores elétricos, mas no momento existem coisas mais urgentes pra arrumar, inclusive uma revisão geral na elétrica quando devo aproveitar pra mandar instalar.
Dei uma procurada mas não achei lanternas traseiras redondas multifunção, com luzes de posição, freio, ré e seta e que NÃO seja led. As opções em led não me agradam porque os leds são muito espaçados; acho feio.
Vou ter que estudar a legislação também pra saber o que pode e o que não pode ser feito pra andar sempre na legalidade.

Chevas

Com luz de ré só conheço as do Opala 75-78. Mas vc encontra alguns modelos com estes, bi-colores, que incluem posição, freio e seta:comment image
[]’s

Sidney

Chevas, sua resposta confirmou o que eu havia pesquisado, obrigado. Encontrei justamente as de Opala (mas acredito que não ficarão bem no buggy) e esses modelos que você postou. Não gostei de nenhum deles. Quem sabe hoje em dia com essas impressoras 3D ou com sites chineses que vendem de tudo não acho um modelo que me agrade ou mando fazer por um preço justo. Muito bonitas são as do Corvette 75/79 com réplicas no mercado (vou tentar postar a foto aqui) só que o preço afasta qualquer sonho. Já vi por R$1.600,00 o jogo com quatro.

Chevas

Eu gosto das de Opala, acho que ficam bem no meu buggy…mas as reproduções em alumínio são caras, em torno de 600,00, e as lentes são de plástico, ou seja, ficam feias rapidamente.comment image

Sidney

Chevas, suas lentes parecem ser todas vermelhas. Como faz com o pisca e a luz de ré?

Chevas

O Carlão já disse sobre a luz de ré, e eu complemento: os piscas traseiros podem ser vermelhos no Brasil. No meu caso, todas as 4 lâmpadas das lanternas traseiras são de dois pólos: a sinaleira liga a fase mais fraca de todas, e o pisca é a fase mais forte das externas enquanto que o freio é a fase mais forte das internas.

Sidney

Isso poderia virar um tópico!

LUZ DE RÉ – Segundo o Código de Trânsito, qualquer veículo produzido a partir de 1º de janeiro de 1990 deve ter essas lanternas.
CINTO DE SEGURANÇA – A lei que tornou o uso do item obrigatório em território nacional existe desde 1997.
CADEIRINHA – Desde 1º de setembro de 2010, é obrigatório o uso de cadeirinhas de segurança em veículos que transportem crianças de até dez anos de idade. Além disso, o veículo será apreendido até que apresente a cadeirinha própria para a faixa etária da criança que transportar
RETROVISOR DO LADO DIREITO – Para carros produzidos a partir de 1º de janeiro de 1999, é obrigatório espelhos retrovisores externos de ambos os lados.
ENCOSTO DE CABEÇA – Assim como ocorre com os retrovisores, esse item é obrigatório em carros produzidos a partir de 1º de janeiro de 1999.

https://noticias.r7.com/carros/fotos/cinto-luz-de-re-existem-itens-de-seguranca-que-nem-sempre-foram-obrigatorios-nos-veiculos-saiba-mais-01122014#!/foto/6

A reportagem infelizmente não fala nada sobre cor da seta (precisa ser laranja? Pode ser só a lâmpada laranja? Precisa ter seta? E os fuscas que usavam bananinha!?), não fala nada sobre para-sol ( o meu não tem) e por aí afora, coisas que nem me lembro agora.

Chevas

Acho que o pessoal da polícia rodoviária fica em dúvida quando o carro é um buggy. Na única vez que fui parado, eles só pediram os documentos e os itens obrigatórios (estepe, macaco, ferramentas). Depois ficaram perguntando sobre o buggy, hehe.

Sidney

Começando a desistir dos retrovisores elétricos porque são muito grandes e provavelmente ficariam feios no buggy. Pra ficar bacana teria que ser feito por alguém que tenha talento pra deixar modificações bonitas, e esse definitivamente não sou eu.

Chevas

Volante é uma coisa de gosto pessoal, mas acho os muito pequenos ficam pesados…o meu é inspirado nos esportivos da década de 70, com um diâmetro bom (34cm), o que faz a direção ficar bem leve.comment image
[]’s

Quer agradar um bugueiro ou um buggista? A chance está lá na página de sugestões de presentes!

trackback

Uma página comentando o atual momento “Corona Virus”. Fica Frio e Lave as Mãos!

trackback

[…] Visita a página central das mecânica de buggies. e a de customização de buggies. […]