Adeus, Bruce!

Adeus, Bruce!

O Mestre deixou o planeta

Há alguns dias vinha trabalhando em uma página sobre a patente do Manx. Queria colocá-la no site do dia em que ela foi solicitada, 19 de fevereiro. A surpresa veio depois de ter feito a publicação da postagem. Bruce Meyers faleceu neste mesmo dia.

Adeus, Bruce

Em 19 de fevereiro de 1965, Bruce Meyers fez a solicitação de patente de seu desenho mais conhecido e clássico, o Meyers Manx.

Em 19 de fevereiro de 2021, aos 94 anos de idade, Bruce concluiu seus dias na terra, mas deixou um legado mundial, um desenho copiado, modificado, melhorado às vezes, piorado em outras. Mas o conceito, este não mudou durante este meio século.

O Planeta Buggy só existe porque Bruce criou este simpático carrinho, que foi copiado no Brasil e que, um dia, um agrônomo recém formado resolveu comprar para usar no serviço. Na época, sem sequer saber que buggies existiam, ver aquele insólito carrinho no fundo de uma loja para ser vendido, conquistou o coração do guri. E o primeiro buggy emplacado em Pelotas começou sua história junto ao Buggyman.

Bruce deve ter ouvido falar do Planeta em duas oportunidades. Há alguns anos, consegui o contato de um amigo dele, para saber da possibilidade do Glaspac ter tido autorização para copiar o desenho. Ele, de forma simpática, disse que não lembrava de tal autorização. A segunda vez, foi no final de 2019, quando comprei o livro dele “Call to Baja”, diretamente com ele e pedi uma dedicatória ao Planeta.

Ele tinha perfeita consciência do que a criação dele fez ao mundo. Do quanto influenciou a vida de tanta gente.

E um legado imenso, com apenas um simples desenho. E de tão simples, tão genial!

Patente Manx

Este post tem um comentário

  1. Chevas

    Está ótimo, Carlão. Eu coloquei algumas fotos e figuras que eu mais gosto, no grupo do PB no FB, em homenagem ao Bruce. Quem sabe fazemos aqui também, nos comentários…
    Pode também mudar o banner da página, com um laço preto de luto.
    []’s

Deixe uma resposta