You are currently viewing Buggy Fly – Rio de Janeiro

Buggy Fly – Rio de Janeiro

Inserido no site em abril de 2003

Buggy Fly do William

Alô galera do Planeta Buggy.

Essa página é uma das melhores exposições de buggy do mundo, orgulhosamente brasileira.

Finalmente consegui mais um tempo para mandar mais algumas novidades a respeito do meu Buggy Fly, e também fazer algumas correções do meu artigo anterior. A cada dia me amarro mais no carrinho e tento manter a originalidade de fábrica o máximo possível. Até hoje tudo e original, com exceção de pequenos detalhes que vou aprimorando. Mas a integridade dele continua sendo um ato de prioridade .

Estou mandando varias fotos incluindo uma inédita que achei por acaso, que foi tirada em Fevereiro de 1985 sendo eu mesmo ao lado do buggy e outra em fevereiro de 2006. O mesmo buggy no mesmo local com o mesmo dono e a foto sendo batida pelo mesmo fotografo “meu pai”, 26 anos depois:

Recentemente zerei o motor do meu Fly . Continua sendo 1600 com 2 carburadores, plataforma de Brasilia, pneus Maggion atrás e Pirelli na frente. 

As rodas são 15″ atrás e 13″ na frente. Os freios foram zerados, o volante é novo e os assentos foram forrados com couro ecológico. 

A plaqueta de fabricação de fabrica ainda esta nele, recentemente mandei pintar inteiramente tanto a fibra quanto o chassi, e tudo que precisava ser trocado foi reposto por novo.

Esse Buggy Fly nasceu em Búzios no Rio de Janeiro e foi idealizado em alguns detalhes por um piloto de avião da Varig em 1982, Rogério Alarcon.

Eu conheci o Rogerio em Búzios e quando vi o Buggy imediatamente ofereci $ 1500 Cruzeiros por ele e o Rogerio aceitou por ter perdido o direito de estacionamento pro buggy em Botafogo na garagem do prédio onde morava. 

Se não me falha a memória ele só foi proprietário desse Buggy por três meses. Foi amor a primeira vista! desde então esse buggy virou história na minha vida. Ja dispensei ofertas de compra astronômicas por ele e não vai estar a venda por um bom tempo.

Eu tenho uma impressão que esse seja o Buggy Fly mais conservado do Brasil.

Recentemente levei ele na fábrica do Rio onde fiquei conhecendo o pai do Buggy brasileiro, Antonio Pereira, que deu início indireto ao nascimento do Buggy no Brasil. 

Em 1969 aos 20 anos de idade fundou a BUGRE juntamente com o Cavalcante e deram inicio ao que todos nos estamos curtindo hoje em dia. Ele também criou o WOODY , eventualmente o BABY e depois o BIRD.

O meu Buggy Fly foi feito com uma grande precisão de carroceria nos mínimos detalhes observadas pelo próprio Antonio e os mecânicos que trabalharam nele recentemente. A diferença de fabricação dos buggies atuais com o meu FLY é claramente visível.

A fábrica do Buggy Fly foi a WERNA AUTOMÓVEIS RUA 24 DE MAIO 340 RIO DE JANEIRO, não sei se ela ainda existe.

Recentemente, depois de quase 1 ano esperando por uma oportunidade ,finalmente consegui comprar um Meyers Manx original na Ebay no Texas . 

Telefonei pro Bruce Meyers e dei o numero de fabricação e ele o autenticou . Estou trabalhando no meu Manx desde Outubro de 2005 e tá ficando alucinante. 

Aluguei uma garagem em Brooklyn NY onde estou quase terminando o projeto. Desmembrei o Manx quase que total e fiz algumas alterações mecânicas desenhei uma capota de inverno e verão que ficou muito linda. 

Agora só falta pintura umas rodas e um som. Assim que terminar Mando fotos pro Planeta Buggy.

Pelas pesquisas que ja fiz ele vai ser o único Manx trafegando pelas ruas de Manhattan onde moro no verão. No inverno me mando pro Rio pra curtir o verão brasileiro no meu Buggy FLY.

Agradeço muito pela oportunidade de compartilhar com os amigos do planeta uma das coisas agradáveis da vida através dessa pagina que realmente me fascinou.

abracossssss a todos,

William

Buggies no Planeta Buggy

o Planeta Buggy tem muitos buggies, além do Buggy Fly. Clica aqui ou na imagem abaixo para conhecê-los

Sabe alguma coisa interessante sobre este (ou qualquer outro) buggy? Manda para nós, ali embaixo nos comentários, no Fórum do Planeta Buggy ou no Grupo do Facebook.

Deixe um comentário