Barra antirrolagem – para que serve em um buggy?
Foto: Era Gonzaga

Barra antirrolagem – para que serve em um buggy?

  • Post author:
  • Post published:19/01/2021
  • Post category:Mecânica
  • Post comments:5 Comentários
  • Post last modified:06/04/2021
  • Reading time:6 mins read

Este post tem 5 comentários

  1. Chevas

    Bom dia. Sobre este assunto, eu diria que depende da situação e do carro. Sei que o artigo fala de Fuscas e buggies com chassi de Fusca, mas gostaria de dar minha opinião também, para referência. Quem leu a história do meu buggy (https://planetabuggy.forumeiros.com/t5824p25-conte-a-historia-do-seu-buggy-aqui#97625) sabe que ele é chassi tubular e que eu tive muitos problemas, e um deles era a estabilidade. Fiz muitas alterações na suspensão até achar que o comportamento dinâmico do buggy estava razoável (ainda sinto alguma coisa estranha, mas acho que é pedir demais de um carro todo adaptado…). Entre estas alterações, a colocação da barra. No meu caso, senti uma boa melhora no conforto e principalmente na estabilidade. É certo que fiz várias coisas na suspensão, sempre tentando melhorar, mas esta me marcou, por que eu estava com medo de andar no buggy. Depois da barra, tudo mudou. A frente não ficava mais solta e “boba”. Enfim, este assunto é meio polêmico, mas na minha modesta opinião, depende de cada caso.
    []’s

    1. Beco

      Por isso, a referência de que cada buggy tem seu comportamento e deve ser analisada a retirada ou recolocação da barra. Mas, como disse o Bob, não tem a ver com estabilidade, porque ela não tem ação alguma em linha reta, somente em curvas, já que é acionada pelo movimento do braço da suspensão. Em linha reta, estes braços terão exatamente a mesma movimentação (a não ser que estejas em uma trilha, aí, é até melhor, pois a suspensão vai “desenhando” o trajeto).
      Enfim, se ficou melhor com a barra, ótimo! Como tens chassi tubular, não deveria ter problema de cáster, mas… chegastes a ver isso?
      E é, sim, bem polêmico. Por isso o registro da situação dos buggies com chassi de Fusca. Parece que os Emis também tem o mesmo comportamento dos com plataforma de Fusca, talvez porque o desenho dele o deixe um pouco mais flexível que os que têm chassi tubular.

  2. Marlon

    Corrigindo….* O meu não tem e sempre pensei em colocar……. hehehe

  3. Marlon

    Oohhh Carlão, tá aí uma dúvida que eu tinha, o meu não tem sempre pensava em colocar, vou deixar assim mesmo!!!, Muito esclarecedor, obrigado!!

    1. Beco

      pois é. Bob tirou muitas dúvidas e inclusive eu também pensava na história da “suspensão independente”. Mas gostei das explicações técnicas dele. Agora vai ser difícil alguém me convencer o contrário! Até pode, pois sou um cara aberto a discussões com sentido.

Deixe uma resposta