Bancos de Buggy – Quais são os melhores?

Bancos de Buggy – Quais são os melhores?

Bancos de Buggy – Aspectos legais

Buggy é um veículo como qualquer outro e também precisa seguir uma série de regras legais.

Sobre bancos, a regra mais importante diz respeito ao encosto de cabeça, tornado obrigatório pela Resolução 44/98, para os veículos fabricados a partir de 1999. Ou seja, se teu buggy for de ano anterior a este, não precisa ter o encosto de cabeça. Nos bancos traseiros não é obrigatório em buggies (carros conversíveis).

Sobre cintos de segurança, a Resolução 518/15, coloca a obrigatoriedade dos cintos de três pontos em veículos fabricados a partir de 2020. Esta mesma resolução, ressalta que não há obrigatoriedade de encosto de cabeça nos bancos traseiros de carros conversíveis.

Ainda sobre cintos de segurança, presta atenção ao número de passageiros indicado no documento do veículo. Se for cinco, tem que ter cinco cintos…

Quer saber mais sobre coisas que são obrigatórias em um buggy? Dá uma olhada nesta postagem, aqui no Planeta Buggy.

Bancos de Buggy – do concha às adaptações de carros de série

Parte fundamental da ergonomia de um veículo, os bancos são ainda mais importantes em um buggy, pois ao andar em trilhas, o condutor e passageiros precisam estar confortáveis e seguros.

Fixação

Em primeiro lugar, vamos analisar a fixação dos bancos à estrutura dos buggies. Nos primeiros buggies, ainda com plataforma de Fusca, era comum aproveitar os trilhos originais. Mas estes, além de frágeis e mais suscetíveis à ferrugem, não permitiam regulagens adequadas.

Logo, começaram a ser utilizados os trilhos “universais”, que permitiam melhor regulagem, contavam com rolamentos e deslizavam mais facilmente. A altura e inclinação era fixa, montada através de suportes soldados ou aparafusados.

Há também a possibilidade de aproveitamento de bancos de outros veículos, com os trilhos destes. Em alguns casos, é possível regular a altura também. Sempre lembrando que quanto mais sofisticado o sistema, maior a possibilidade de falhas. E buggies tem a simplicidade em sua essência.

 

Bancos de Buggy – Concha

O mais tradicional dos bancos de buggies, é o banco concha, fixo. Os primeiros eram simples e com encosto baixo, depois vieram os com encosto alto (o tal encosto de cabeça), que é o padrão atual.

As maiores vantagens dos bancos concha, é que são de fibra de vidro, resistentes à corrosão portanto. Além disso, alguns modelos podem ter a forração retirada depois de uma trilha ou passeio, para melhor limpeza. Além disso, por serem de estrutura simples, possuem o encosto fino, garantindo um espaço a mais na traseira do buggy.

Podem também ser basculantes para permitir uma melhor entrada na parte traseira do buggy, além de permitir bascular quando estiver parado no sol e não esquentar muito. Bancos concha tradicionais não são reclináveis, sendo fabricados em peça única, mas existem modelos com esta possibilidade.

Outro aspecto importante a ser considerado, é a largura e profundidade do banco. Bancos concha são fabricados com um formado que os projetistas imaginaram ser ergonômico. Nem sempre… Alguns tem um desenho com as laterais muito altas e retas. Outros mimetizam o formato da traseira humana. Ambas situações podem criar desconforto de uso.

Dependendo do porte do usuário, este é um ponto de extrema importância, já que magros podem usar bancos largos sem dificuldade, mas gordos certamente terão um grande desconforto em bancos estreitos. Além disso, evite os muito profundos, que servem bem em veículos de competição, para firmar o corpo do condutor, mas que causam desconforto no uso em trilhas e passeios. Uma simples carteira no bolso pode se transformar em objeto de tortura.

Normalmente, é possível encontrar bancos com mais de uma medida, para permitir um ajuste ao tamanho do usuário.

Como ajustar um banco concha inadequado?

Se tens um banco concha inadequado e não queres trocar, algumas opções podem melhorar a situação. Como é um objeto de fibra, pode ser alargado ou estreitado, com alguma facilidade. E os trilhos podem ser acomodados, deixando o banco mais alto ou mais baixo, dependendo do gosto e do porte do dono.

A galeria a seguir, mostra a reforma dos bancos do Velho’73, herdados de uma carreteira Simca. Eles foram estreitados e reforçados. A estrutura de tubos foi adaptada, as laterais foram rebaixadas. Na última foto, o trilho com suportes para elevar o banco.

E também pode ser feita uma forração que minimize estes problemas. Um enchimento maior em pontos estratégicos pode resolver o problema. O uso de espumas em alta densidade nos pontos onde é preciso elevar, reduzindo o efeito do estreitamento exagerado é uma boa opção.

É bom ter um estofador de confiança e com paciência para ir experimentando e ajustando. Ou fazer o básico em casa, mesmo. É só comprar blocos de espuma de alta densidade e ir colando nos pontos necessários. Uma faca de pão ou um serrote são bons para cortar e ajustar a espuma.

Depois do ajuste, é só levar para o estofador fazer o resto do serviço. E, como falamos, pode ser feita uma capa retirável ou fixa no local. Vai depender do uso e da necessidade de limpezas mais profundas.

Quando fizer a capa, prefira o curvin náutico, que é resistente ao amarelamento e ao aquecimento ao sol. Evite o preto, por motivos óbvios!

Na galeria a seguir, os bancos do Lucas, no “osso”.

Alguns Fabricantes Brasileiros

As fotos a seguir, foram enviadas por fabricantes e comerciantes de bancos. Se tens algo similar a mostrar, avisa lá nos comentários abaixo, que colocamos aqui também, com o contato, ok?

Bancos Rallye Design

O Luis enviou fotos e dados de contato: WhattsApp 11 98227-0243. Frete a combinar. Se for na empresa deles, em Santo André, a instalação é gratuita.

 

Bancos de buggy - Rallye Design

FerCar – São Paulo

O Mariano fabrica buggies e, claro, bancos, que podem ser instalados em outros buggies.

Jocimar – Curitiba

O Jocimar trabalha com fibra de vidro e pode fazer bancos por encomenda. Infelizmente, não enviou fotos, mas para quem mora em Curitiba, é mais uma opção.

Fazer em casa?

Já pensou em fazer seu próprio banco concha? Na internet tem alguns modelos possíveis de serem feitos, caso se tenha um mínimo de ferramentas e um pouco de habilidade com elas…

Neste site (Bucket Racing Seat) tem as instruções para fazer um banco concha com estrutura em metal, não em fibra. De autoria de jose.f.branco, é bem interessante e pode ter suas medidas adaptadas para teu porte físico. Cada quadradinho do desenho é 5cmx5cm.  Veja o molde em tamanho real, para ser impresso em folhas A4 e coladas para montar o molde de recorte do metal.

Se for fazer, monta um de papelão para ver como se encaixa no teu buggy. E adaptar as medidas.

Ele usou chapa com 1,5mm de espessura.

Este é um banco de competição, por isso tem as aberturas para um cinto de segurança de 5 pontos. Não é o caso dos buggies, logo, estas aberturas podem ser abolidas.

A seguir, imagens da estrutura do banco montada e o molde utilizado.

Bancos automotivos

A outra opção de uso, são bancos originais de veículos de série. Ao procurar o modelo mais adequado, é preciso verificar a largura, o sistema de fixação ao assoalho e o espaço que o encosto tomará da traseira do buggy.

Algumas vans tem bancos com estas características, justamente para acomodar mais passageiros em seu interior. Carros de pequeno porte também tem bancos interessantes, é apenas questão de pesquisa e paciência. Talvez, ir até o vendedor com o buggy sem o banco do passageiro e fazer alguns testes no local. Para ver se serve e se é confortável. Não esqueça dos trilhos adequados.

Este post tem 3 comentários

  1. Chevas

    Tem também a fabricante San Marino Race, de SP (https://www.smrace.com.br/) com alguns modelos interessantes, inclusive retrô, que combinam muito bem com buggy.
    []’s

    1. Beco

      Eles têm alguns bancos bem interessantes. Vou ver se autorizam usar as imagens do site deles.

Deixe uma resposta