Curiosidades #2 – Schwimmwagen – A Inspiração de Bruce Meyers?
Curiosidade #2 - Schwimmwagen

Curiosidades #2 – Schwimmwagen – A Inspiração de Bruce Meyers?

  • Post author:
  • Post published:05/05/2021
  • Post category:Curiosidades
  • Post comments:0 Comentários
  • Post last modified:17/05/2021
  • Reading time:5 mins read

Curiosidades #2 – Schwimmwagen, a Inspiração de Bruce Meyers

O Planeta Buggy não pretende reduzir o impacto da criação de Bruce Meyers, mas apenas colocar uma opinião. Todo artista tem suas musas, suas fontes inspiradoras e, com certeza, Bruce também tinha as suas.

Os buggies fabricados em série antes dele, já usavam a plataforma do Fusca encurtada e já apresentam algumas características básicas que são encontradas nos buggies atuais, como a ausência de portas, a simplicidade do desenho e, mais importante, a diversão.

Bruce Meyers sempre afirmou não ser o criador do Dune Buggy, mas sim o criador do Fiberglass Dune Buggy, que revolucionou o mercado da diversão automobilística.

Kubelwagen, a Origem

Durante a Segunda Guerra Mundial, havia um grande esforço de todos os envolvidos em criar equipamentos práticos e eficientes.

Em 1936, Ferdinand Porsche, um engenheiro genial, criou um veículo simples, leve e ágil para andar em terrenos inóspitos, que tornou-se o nosso inesquecível Fusca. Mas, infelizmente, não tinha espaço para equipamento e pessoal, além de ser um veículo totalmente fechado e, portanto, com dificuldade para uso bélico.

Então, sob encomenda do governo, Ferdinand Porsche fez mais dois projetos, criando outros veículos que foram muito importantes durante a guerra. A regra era aproveitar o máximo possível do que já existia, que eram a plataforma e a mecânica do Fusca. 

O primeiro deles foi o Kubelwagen (carro “balde”), cuja produção em série começou em 1942, após vários protótipos. 

O desenho dele influenciou a criação do VW Thing, fabricado na década de 60. Segundo Alexander Gromow, o apelido de balde (que depois tornou-se o nome oficial), veio do formato dos bancos originais, que nada mais eram do que armações metálicas, cujo formato lembrava um balde. Foram assim desenhados para firmar o corpo do motorista no fora de estrada. E que foram os precursores dos bancos concha, usados atualmente nos buggies e nos carros de competição.

Réplica Manx do Kubelwagen

Apesar da semelhança do desenho do Schwimmwagen com o Manx, Bruce fez uma réplica do outro projeto, o Kubelwagen. Foi o último veículo feito por ele na época e o único que Bruce copiou um desenho já existente.

Infelizmente, não se sabe a razão, apenas uma unidade foi fabricada sobre uma plataforma de Fusca sem recorte. Este modelo está atualmente nas mãos de um colecionador que o restaurou totalmente. As fotos abaixo mostram alguns detalhes. São difíceis de se achar imagens deste carro na internet.

Na restauração, o proprietário preferiu o estilo do original utilizado no deserto. As fotos a seguir mostram esta incrível réplica.

Schwimmwagen

O segundo projeto de Ferdinand Porsche para o esforço de guerra alemão foi o  Schwimmwagen. Neste, o projetista foi muito mais além de aproveitar peças do Fusca. Houve todo um projeto que aproveitou muita coisa do Fusca, mas com particularidades tão aprofundadas, que após a guerra os vencedores não acharam viável seguir produzindo-o.

 O Schwimmwagen foi o veículo anfíbio mais fabricado em toda a história automobilística. Tinha soluções técnicas muito avançadas para a época e, como referimos antes, era tão complicado de fabricar que, quando os ingleses assumiram a fábrica no pós guerra, destruíram todas as prensas e maquinarias utilizadas para sua fabricação. Malditos ingleses!

Repare nas linhas dos paralamas dianteiros e traseiros e na linha de cintura que os une. Não dá para negar a influência das linhas deste veículo no Meyers Manx. Para o Planeta Buggy, uma clara inspiração. Mas não mais que isso, uma inspiração, pois o Manx é obra única!

As fotos a seguir (e muitas outras) estavam, em maio de 2021, no site Oldbug.com.

Um artigo de Bob Sharp mostra mais alguns detalhes deste incrível anfíbio e a tentativa de fazer uma versão no Brasil.

Ainda em Dúvida?

Os modelos posteriores do Meyers Manx tiveram uma saia lateral (side pods), que aumentaram um pouco mais a semelhança entre eles. Claro que o Schwimmwagen usava a plataforma inteira do Fusca, sem recortes, pois a intenção era ter espaço para carga, pessoal e armamento.
Esta constatação não reduz a genialidade de Bruce Meyers na criação de seu icônico veículo. Aliás, quer saber um pouco mais da história do Bruce e de sua criação? O Planeta Buggy fez uma homenagem ao artista, quando de seu falecimento. Esta aqui: A História do Buggy Meyers Manx.

 

Mais Curiosidades

O Planeta está colocando algumas curiosidades do universo buggista brasileiro e internacional.

Visita a página onde estão concentradas as postagens que já estão no Planeta Buggy!

Conheces alguma curiosidade interessante deste universo? Coloca ali nos comentários!

Deixe uma resposta