Anti-Furto no Buggy
Esquema da trava Veronezzi

Anti-Furto no Buggy

Anti-Furto no Buggy

Uma das situações que mais apavora um buggista ou bugueiro, é o furto de seu buggy. O Buggyman já passou por esta situação e só foi salvo por um dispositivo que deixava a alavanca de mudanças presa na primeira marcha. Depois de algumas quadras, o ladrão desistiu de andar com um carro gritando em primeira marcha…

Como evitar um furto?

É muito difícil evitar o furto de um carro, qualquer carro. O que podemos, é dificultar a vida do vago, o máximo possível. Carros com mecânica Fusca são visados para desmanches e, portanto, não são exatamente muito valorizados. Logo, os vagos que furtam este tipo de carro são menos profissionais que aqueles que roubam camionetes para levar para o Paraguai.

Dito isso, tudo que fizermos para dificultar e tornar a ação o mais demorada possível, ajuda para manter a segurança do buggy.

Este post nasceu da pergunta do Silvio Jardim Jr no grupo do Planeta Buggy no Facebook. E lá mesmo apareceram várias sugestões, que vamos colocar a seguir.

Vamos conversar um pouco sobre os sistemas anti-furto que existem no mercado.

Em primeiro lugar, as soluções mecânicas

1. Chave Geral

A mais simples de todas, e que também tem vantagens adicionais, é a chave geral, a ser instalada diretamente no negativo da bateria.

A chave geral é boa para deixar o buggy parado até dentro da garagem de casa ou do condomínio. Crianças podem entrar ali, ligar alguma luz… você pode deixar o rádio ligado e, quando for usar, nada de bateria.

No entanto, se for instalar um alarme, é bom que seja por fora desta chave geral, claro, senão ela desligaria também o alarme.

Ligar um carro com chave geral é muito fácil, o vago vai demorar muito pouco tempo para encontrar e fazer uma ponte ou ele pode enfiar um parafuso no local da chave. E, para funcionar como segurança, tens que tirar a chave do local e levar no bolso.

2. Trava no Volante

Para prender o volante, existem muitas opções. A mais comum é uma corrente que pode ser fixada em alguma parte do chassi ou, simplesmente, no pedal do freio ou da embreagem, sem dar folga que possa ser usada para ser retirada sem abrir o cadeado. Uma proteção de curvin para não arranhar o volante e pronto. Está feita a trava.

A vantagem da corrente, é ocupar pouco espaço, já que pode ser enrolada e colocada em uma sacola junto ao local onde fica presa.

Existem travas específicas, que prendem o volante ao pedal, outras que atravessam o volante e não permitem manobras. As imagens a seguir mostram estas variações.

O Planeta Buggy encontrou uma de fabricação brasileira e com boa qualidade. Trata-se da INAAC, que vende através do Mercado Livre. A Empresa tem uma página no Facebook, com alguns vídeos e outras informações interessantes. Ao comprar a tua trava, verifica que tem algumas sem aquela proteção adicional, existente na INAAC, que impede o ladrão de deformar o volante para sacar a trava.

A trava INAAC é nacional confeccionada em aço trefilado maciço, o que garante qualidade superior às similares no mercado. Qualquer outra informação pode entrar em contato pelo WhatsApp 35 98419-0086 (informações da Empresa em 13/06/2020).

3. Trava Freio de mão/Alavanca de câmbio

Esta é uma trava um pouco mais “portátil” que as de pedal e volante. Ela tem um tamanho menor, mas não quer dizer que é menos eficiente. Ao colocar, podemos engatar a ré e fixar a alavanca no freio de mão, rapidamente. É eficiente, de pequeno tamanho e não altera nada no buggy.

trava cambio e freio de mão - Anti-furto no Buggy
Trava câmbio e freio de mão

3. Trava Corta-Combustível Veronezzi

Há mais de 30 anos no mercado, esta trava é fabricada no Brasil e é muito eficiente para proteção. Depois de acionada, corta o combustível e, claro, para o motor.

A Empresa vende o kit, que pode ser facilmente instalado por alguém com alguma habilidade mecânica. Ela deve ser colocada em algum ponto do assoalho, que possa ser acionada com o pé, sem despertar suspeitas em algum vago que esteja à espreita.

O contato deve ser feito por WhatsApp pelo número +55 11 99884-1931, com Quitério Ventura. Ele remete o kit para qualquer parte do Brasil.

Abaixo, algumas imagens, inclusive uma publicidade antiga.

4. Trava Anti-Furto para o Cambão

Um buggy nunca estará seguro, se o cambão estiver ali na frente, esperando para ser acoplado no carro de um vago.

E como fazer esta segurança? Um cadeado, é muito simples de quebrar e não dá pra colocar um cadeado grande ali naquele lugar. A opção, portanto, é uma trava específica para o engate. O anti furto para engate de reboque Famit.

Pode não ser a solução mais bonita, mas é muito funcional! A Famic faz uma trava para este tipo de engate, como pode ser visto na imagem a seguir. No site deles tem os locais que vendem, pois não fazem vendas diretas, mas podes entrar em contato pelo WhattsApp deles (+55 41 9232-4106). Também encontrei no Mercado LIvre para venda.

Tem um outro modelo que se coloca dentro do vão da bolota e gira a chave e então aperta com uma chave allen. Complicado demais!

Acho que o melhor é um cambão articulado, de ajustar no buggy quando for usar e não este que é um convite para ser roubado.

O Roberto Lee tem um vídeo onde mostra como protege seu buggy com cambão. Dá uma olhada neste link.

Segurança contra furto - Trava Famit
Trava Famit do cambão

5. Trava Carneiro

A trava Carneiro é um produto bem antigo e muito eficiente. A versão atual tem chave tetra e tecnologia. O funcionamento dela bloqueia as rodas e corta a  ignição do motor.

Não é obrigatório o bloqueio logo que estaciona. A trava fica pronta e se alguém for movimentar o veículo, na primeira freada, ele trava e não retorna. A Empresa não recomenda o uso como freio de estacionamento.

 

Trava Carneiro - Anti-furto em buggy
Trava Carneiro

6. Volante de Cubo Rápido

Ok, este não é um sistema tradicional anti-furto. Mas pode servir como tal… Trata-se de um cubo rápido, que pode ter o volante retirado.

Ou seja, vai passear no shopping e levas o volante pendurado no braço… esquisito? Bueno, na década de 70 era comum ver-se pessoas passeando com o som do carro em sistemas de gavetas!

Para registro, eu não acho viável mas, para pessoas mais volumosas, como eu mesmo, para entrar e sair do buggy pode ser um negócio interessante.

Este modelo mantém a buzina e o retorno da seta, coisa que alguns à venda não fazem, pois são para uso em pista. Atenção, portanto, quando for comprar. Tem no Mercado Livre.

Cubo saque rápido - Anti-Furto de buggy

7. Tranca de Direção

Por último, mas não menos importante, a tranca de direção é uma necessidade. Muitos buggies não preservam a original do fusca e é interessante a colocação dela, se não tiver.

E atenção para destrancar, se for rebocar com cambão…

Outros tipos de Travas Mecânicas

Existem outros tipos de travas, como uma que prende os pedais do freio e da embreagem. Mas quem iria se abaixar toda vez que estaciona o carro para colocar e retirar uma trava dessas?

Outra trava é uma que se coloca em uma das rodas. Mas esta é mais utilizada para bloquear carros em vagas particulares de condomínios.

Pela dificuldade, acaba não sendo usada e perde a função.

O buggy do Paulo Huber tem uma solução interessante. Em cada um dos pedais, tem uma prancheta soldada e com um furo. Estes furos estão alinhados e podem ser presos com um cadeado. É uma solução simples e eficiente.

Cadeado entre os pedais do freio e do acelerador - anti-furto de buggy
Cadeado nos pedais

Segurança Eletrônica

Existem vários tipos de artefatos para proporcionar uma segurança maior para o buggy. Vamos detalhar as mais importantes

 

1. Alarme eletrônico

A grande dificuldade na instalação de um alarme em um buggy, é o tipo e a localização do sensor.

Uma opção, que o Velho’73 usou por algum tempo, é a utilização de um alarme de moto, como um sensor de movimento instalado sob o banco do motorista. Repate-se o banco contra o volante e liga-se o alarme. Se alguém baixar o banco, o alarme dispara. Um esticador de bagageiro de moto mantinha o banco no lugar. Muito interessante e funcional.

Outra opção é um sensor de peso também colocado no banco do motorista. Se alguém sentar ali, o alarme dispara.

Alarmes com sensor de presença, são interessantes, com a colocação do sensor sob o painel, que acionaria o alarme pela presença de pernas por ali.

Mas aí temos mais um cuidado na instalação. A bateria precisa estar protegida, para que o gatuno não desligue ela. E, caso tenha a chave geral, o alarme deve estar ligado diretamente na bateria.

2. Rastreador

Os rastreadores atualmente estão muito baratos e podem ser instalados ligados diretamente à bateria. Com um chip de celular, pode ser programado para marcar a posição do buggy, mandar mensagem se ele sair de um determinado perímetro ou se passar de determinada velocidade. E manda mensagem com a posição GPS dele, que pode ser conferida no Google Maps instantaneamente no seu celular.

Mesmo que a bateria do buggy seja desligada, a bateria interna do equipamento pode funcionar por mais  alguns dias, possibilitando o rastreamento. Por isso é interessante o modelo com bateria interna.

3. Bloqueador de ignição com chave

Também utilizado em motos, este tipo de bloqueador pode ser instalado no buggy e é a prova d’água. Funciona com a própria chave do carro.

Outras maneiras de prevenir furtos

Surgiram algumas propostas interessantes, desde Pit Bull no banco até cascavel sob o banco! Brincadeiras à parte, algumas sugestões são interessantes, embora sejam um pouco mais trabalhosas.

Acorrentar o buggy em um poste – Tendo um poste ou algo similar por perto, esta é uma ação interessante, mas trabalhosa. É preciso estacionar nas proximidades de algo assim.

Acorrentar a roda do buggy a alguma parte dele – Mais simples, esta ação apenas necessita de uma corrente com cadeado em tamanho suficienta para passar pela roda e por alguma parte do chassis.

Retirar o rotor do distribuidor ou um dos cabos de vela – É uma ação simples, embora seja um pouco trabalhosa, também. Um ladrão mais equipado pode colocar um fio para substituir ou até andar com um rotor no bolso, se perceber que esta é uma prática corriqueira.

Caixa de fusíveis fora do alcance – Esta é uma boa dica, a colocação da caixa de fusíveis em um local que não seja de acesso simples, como dentro do capô para os buggies que o tem, ou escondida em outros mais antigos.  Não é para impedir furtos, mas para evitar alguma sacanagem, mesmo. Além disso, uma ligação direta é feita facilmente ali.

Parafuso com segredo nas rodas – Não é só o buggy que é alvo dos larápios. As rodas podem ser retiradas facilmente, ainda mais em um carro tão leve, que não precisa nem macaco para levantar! Um jogo destes parafusos é relativamente barato e é uma segurança à mais. Não esquece de esconder bem a chave segredo. E não esquecer onde deixou…

Colaboraram neste post: Silvio Jardim Jr, Lucas Eduardo César, Alex Neves Monteiro, Roberto Lee, Gledson Sartore Fernandes, Silvio Miron, Guilherme Collaço, Fernando Carrera Pompêo de Camargo, Paulinho Bugni, Tiago Souza Barba, Paulo Huber

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Roberto Lee

Parabéns! Gostei muito de todas as informações.

[…] Anti-Furto no Buggy […]