Deixe apenas pegadas e marcas de pneus

Deixe apenas pegadas e marcas de pneus

Nas trilhas, praias e dunas, deixe apenas pegadas e marcas de pneus.

Recados do Buggyman #27

Uma postagem do Chevas no nosso forum chamou a atenção. Na praia do Cassino, em Rio Grande-RS, mesmo durante uma pandemia e fora da temporada de verão, ele constatou a sujeira tomando conta da praia.

Como bom buggista, fez a coleta na área onde estava mas, claro, impossível fazer uma limpeza maior. Nem por isso, é uma ação menos importante. Se cada um que fosse até a praia, levasse seu próprio lixo embora, teríamos um espaço público limpo.

Uma Campanha

Uma campanha daria certo? Infelizmente, a resposta para esta pergunta, se formos considerar o cenário total, é negativa. Somos um país onde a impunidade é a regra e isso inclui os que sujam espaços públicos.

Mas podemos fazer uma pequena diferença, podemos iniciar uma campanha que, se não der resultados astronômicos, poderá dar resultado nos nossos próprios locais em que vivemos ou desfrutamos a natureza.

Por que não tentar? A gente fica indignado – com justa razão – com as queimadas, com o desmatamento, mas à nossa volta, bem próximo, temos exemplos de agressões ao meio ambiente também. Talvez não tão violentas, mas com certeza graves o suficiente para perturbar o delicado equilíbrio do nosso espaço de convivência.

Somos responsáveis também

Mesmo que tenhamos todos os cuidados para preservar o meio ambiente, somos em parte responsáveis pelos que não respeitam também.

Então… façamos nossa parte, limpando o que sujamos, dando o exemplo necessário, cuidando do que gostamos.

Talvez, levando nossa campanha até os novos candidatos a prefeito e vereadores, para que assumam compromissos.

Ou, simplesmente, fazendo nossa parte, divulgando a ideia.

Usem este lema ou algum semelhante, com a imagem de seus clubes. Se quiserem usar a do Planeta Buggy, estão autorizados, claro.

Este post tem 2 comentários

  1. Chevas

    É realmente triste e revoltante. Apoio a campanha, sim. Se cada um fizer a sua parte, mesmo que seja pequena, teremos uma grande diferença.
    [] ‘s

    1. Beco

      no verão passado, eu estava na praia do Laranjal com o Roci, estacionado na frente do trapiche e tinha um carro com som alto (e ruim), com cinco pessoas. Ok, o som incomodava mas o local compensava. Fiquei ali até eles sairem e, para nenhuma surpresa, latas e garrafas do outro lado do carro. Com lixeiras a não mais que 30 metros dali!
      Peguei as latinhas e garrafas e levei até a lixeira, na esperança de que outros que estavam vendo, não repetissem.

Deixe uma resposta