You are currently viewing Buggy Laser do Alexandre

Buggy Laser do Alexandre

no site desde 2002

Buggy Laser do Alexandre

Carlos, meu amigo…

Até que enfim!

Depois de um ano de reforma ele está no auge de sua saúde. Fiz todos os preparativos conforme instruções e peguei a estrada.

Ao meu lado uma Strada da Fiat com mais três amigos, um isopor com cerveja, refrigerante e água. Levamos 10 litros e trouxemos 10 litros. Não bebemos nada.

Saímos as 06:00 de Franca (interior do Estado SP – próximo a Minas Gerais) com destino a Serra da Canastra. Fomos com cautela na estrada, mas até que meu Laser manteve a média de 100/110 na descida e 80 na subida. Não precisa mais que isto.

Chegamos em Ibiraci-MG. 36 quilometros de Franca. Completei o buggy novamente, até a boca e tomei um susto: Coube apenas um litro e meio de gasolina. Achei estranho e quero fazer uma média novamente com pelo menos 100 quilometros de estrada. Não utilizo “válvula mágica” e enchi o tanque pelas duas vezes no plano. Ainda estou por entender, mas se for isto mesmo, não vendo ele nunca mais.

Saimos de Ibiraci e foi só estrada de terra, barro, ponte, até chegarmos na Usina do Peixoto. Passamos pela barragem (já tinhamos rodado 85 quilometros) e seguimos em frente. Como era o primeiro passeio de todos, não nos preocupamos muito com o caminho, mapa, etc…

O que aconteceu ???

Viramos a direita quando era para entrar a esquerda…

Isto não é o problema, o problema é que descobrimos isto após 50 quilometros de estrada de terra, barro, ponte…
Resolvemos não voltar e seguimos em frente.

Demos de frente com esta lagoa aí na foto. Passei primeiro para ver se estava tudo bem, depois voltei e fui de novo pois estava adorando o test drive.

Após alguns quilômetros, encontramos um lugarejo chamado “Claro” próximo a cidade de Delfinópolis-MG. Muito lindo ali. Descarregamos tudo e foi só festa.

Após algumas horas, vamos levantar acampamento. Pegamos a estrada novamente e não tinha barro que segurava. Encontramos um belo lamaçal logo a frente onde passei com certa dificuldade. A Fiat Strada, apesar da altura, atolou.

Amarramos uma bela corda e meu Laser arrastou Strada, barro, mato, etc…. Quando estava quase chegando em Delfinópolis – MG., (70 quilometros de Franca-SP), lá se foi meu cabo de embreagem.

Bem que o Luizinho falou ….

Duas coisas não levei, cabo de embreagem e bobina. Justo o cabo… Mas deu pra chegar mudando as marchas no tempo, foi um pouco cansativo, mas valeu.

Para passar a balsa que foi chato. Sem embreagem não tinha como dar a partida na subida de primeira. A Strada retriuiu a gentileza e fui rebocado uns 100 metros até um local plano.

Partida novamente de segunda e tchau.

Cheguei em casa às 16:30, entrando na garagem de terceira marcha.

Graças a Deus tudo correu bem e o recado que passo a todos é:

  1. “o segredo de um bom passeio é planejamento” – pense em tudo. Graças a Deus que foi o cabo da embreagem pois se fosse a bobina, só com outra.
  2. Tenha todo o caminho na ponta da língua, não espere encontrar alguém que indique. No nosso caso, pensamos que era só perguntar que todo mundo sabia o caminho.
  3. Nem sempre em uma encruzilhada está passando alguém. Saiba o mapa.
  4. Planeje muito e vá com segurança, que o passeio compensa.

Agradeço a você, Carlos, pela atenção. Ao Luizinho, pelas dicas e a todos os colaboradores do site.

Ainda estou devendo as fotos da reforma. Tenho tudo, porém, não comprei o scanner. (Preferi trocar a planetária, que facada, ai, ai, ai…).

Alexandre

Comentário do Planeta

Atentem para o que o Alexandre escreveu no final. As dicas são preciosas e podem salvar teu passeio!

A, para ajudar mais um pouco, dá uma olhada na página “Tralhas na Trilha”, que mostra as coisas mais importantes para se levar.

Conheça os Buggy Laser que Estão no Planeta

Clica na imagem abaixo para conhecer outros, além do Buggy Laser do Alexandre.

Como sempre, se tens algo a acrescentar, alguma informação sobre o que tem lá ou sobre o buggy Laser ou qualquer outro, manda ali embaixo, nos comentários, no Fórum ou no Grupo do Facebook.

Deixe um comentário